Resultados: 2ª etapa Gaúcho de Motocross
Por: André Charão
Em 17/03/2015
Mateus Basso e Gustavo Roratto foram os destaques ao vencerem as principais categorias em Ibirubá

Foi um final de semana de fortes emoções na disputa da segunda etapa do Campeonato Gaúcho de Motocross. Depois de um sábado marcado por grandes provas, o domingo comprovou porque a competição é considerada uma das mais competitivas do país.

Com a pista sempre em excelente condições para o bom desempenho dos pilotos, o warm up foi acompanhado pelo público que começou a ocupar o seu espaço, em uma área arborizada, com excelente sombra para ver de perto a elite do motocross gaúcho em ação.

Com uma alteração realizada na programação do domingo, a MX Pró foi a primeira categoria a alinhar no gate. “Fizemos esta alteração para beneficiar os pilotos, já que com isso eles poderiam ter um bom intervalo entre as duas baterias. Todos se mostraram contentes com a alteração. Além disso a competitividade vai aumentar e deixar o espetáculo ainda melhor”, comentou Paulo Della Flora, presidente da FGM, que ressaltou que a alteração não foi exclusiva para a etapa de Ibirubá e sim para todas as etapas restantes da temporada.

 

Dentro da pista os pilotos fizeram um excelente trabalho. Além dos vitoriosos das duas principais categorias da competição, o domingo teve outros destaques dentro da pista, como Marcos Cordeiro (Araranguá/SC), que mesmo sofrendo duas quedas na disputa da MX3 (uma delas o deixou na última colocação), fez uma excelente prova de recuperação e saiu de Ibirubá com a segunda vitória na categoria e a liderança do campeonato.

Marcos Cordeiro

 

Bruno Schimitz (Três Passos) também teve problemas no domingo ao ficar trancado no gate na largada da categoria Júnior. Com um excelente ritmo, Bruno recuperou o prejuízo e venceu a prova mantendo a liderança no campeonato. Em busca do melhor ritmo, o interminável Douglas “Duda” Parise (Fagundes Varela) não teve uma boa largada na primeira bateria da MX Pró e teve que forçar muito para recuperar posições, marcando a melhor volta da prova. Na segunda bateria ele acompanhou os ponteiros e sofreu uma queda na décima quinta volta, terminando na quarta colocação (mesma posição da primeira bateria e do resultado final).

A disputa das duas principais categorias, MX2 e MX Pró foi um show à parte. Mateus Basso (Gentil), Gustavo Roratto (Santa Rosa) e Gabriel Carbonera (Sananduva) deram um show à parte nas três provas (a MX Pró é disputada em duas baterias). Mateus largou na frente nas duas baterias da MX Pró, no entanto, na primeira bateria foi Roratto que levou a melhor. Na segunda bateria Mateus não deu sopa para para o azar e enrolou o cabo, vencendo de ponta a ponta. 

Mateus Basso

 

Na MX2 foi a vez de Roratto não dar chance aos concorrentes. O piloto assumiu a liderança da prova e venceu de ponta a ponta. Na MX Pró Roratto venceu a primeira bateria e terminou em terceiro na segunda. Mesmo ficando em segundo na MX2, Gabriel Carbonera, detonou os melhores tempos marcados nos treinos cronometrados cravando, com uma 250cc, o melhor tempo da pista (1:10.288). Na MX Pró Gabriel fechou na terceira colocação.

Gustavo Roratto

 

RESULTADOS

Overall MX Pró

1º - Mateus Basso (Gentil)

2º - Gustavo Roratto (Santa Rosa)

3º - Gabriel Carbonera (Sananduva)

4º - Douglas Parise (Fagundes Varela)

5º - Cale Florin (Cardona/Uruguai)

 

MX2

1º - Gustavo Roratto (Santa Rosa)

2º - Gabriel Carbonera (Sananduva)

3º - Mateus Basso (Gentil)

4º - Cássio Anacleto (São João do Sul)

5º - Leonardo Dambrós (Gentil)

 

MX3

1º - Marcos Cordeiro (Araranguá/SC)

2º - Maiara Basso (Mato Castelhano)

3º - Danny de Oliveira (Panambi)

4º - Cássio de Lima (Xanxerê/SC)

5º - Glaureci Lemos (Caxias do Sul)

 

MX4

1º - Danny de Oliveira (Panambi)

2º - Leandro Schwindt (Novo Hamburgo)

3º - Fabiano Ribeiro (Passo Fundo)

4º - Márcio Molz (Panambi)

5º - Glaureci Lemos (Caxias do Sul)

 

Intermediária MX1

1º - Cristiano Rasia (Três de Maio)

2º - Henrique Zottis (Passo Fundo)

3º - Alex Cavalca (Pinheiro Preto/SC)

4º - Leandro Schwindt (Novo Hamburgo)

5º - Maiara Basso (Mato Castelhano)

 

Intermediária MX2

1º - Vanderlei da Silva (Três Passos)

2º - Andrio Sebben (Farroupilha)

3º - Leonardo Dambrós (Gentil)

4º - Mateus Kunz (Machadinho)

5º - Rodrigo Galiotto (Flores da Cunha)

 

MX2 Júnior

1º - Gabriel Della Flora (Santa Rosa)

2º - Mateus Kunz (Machadinho)

3º - Bruno Schmitz (Três Passos)

4º - Maiara Basso (Mato Castelhano)

5º - Henrique Araújo (Passo Fundo)

 

Júnior

1º - Bruno Schmitz (Três Passos)

2º - Felipe Migliorini (Marau)

3º - Felippe Menuzzi (Dom Pedrito)

4º - Felipe Moraes (Marau)

5º - Gabriel Andrigo (Marau)

 

MXF

1º - Maiara Basso (Mato Castelhano)

2º - Janaina Todeschini (Chapecó/SC)

3º - Mayrêe Ribeiro (São Jerônimo)

 

230cc

1º - Leandro Folle (Montauri)

2º - Rodrigo Mallmann (S. Sebastião do Caí)

3º - Danny de Oliveira (Panambi)

4º - André Schiefelbein (Ibirubá)

5º - Rafael Pereira (S. Sebastião do Caí)

 

65cc

1º - Gabriel Andrigo (Marau)

2º - Pedro Oraes (Marau)

3º - Kauê Benatto (Veranópolis)

4º - Garmichel Giehl (Dois Irmãos)

5º - Felipe Tenedini (Porto Alegre)

 

50cc A

1º - Guilherme Moraes (Marau)

2º - Luis Augusto Moraes (Capivari do Sul)

3º - Matheus Kappel (Marau)

 

50cc B

1º - Rafael Becker (Itapiranga/SC)

2º - Garmichel Giehl (Dois Irmãos)

3º - Bruno da Cruz (Chapecó/SC)

4º - Guilherme Bresolin (Parobé)

5º - Santiago Leiria da Silva (Frederico Westphalem)

VEJA TAMBÉM:
Entrevista: Max Nagl
Em 23/06/2015
Alemão fala sobre fratura no tornozelo sofrida em Teutschenthal e as suas chances de correr o GP da Suécia
Trailer oficial do Supermotocross Riders’ Cup
Em 03/02/2016
Novidade lançada pela Youthstream será disputada no dia 8 de outubro na Veltins Arena em Gelsenkirchen, na Alemanha
Basso Team Racing estreia no Campeonato Brasileiro de Motocross 2014
Em 23/04/2014
Mateus e Maiara Basso representaram a equipe em Três Lagoas (MS) nas categorias MX1 e MX3 respectivamente
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.